Blog do Jota Parente

terça-feira, março 12, 2019

Diego Mota pede vista e projeto de lei sobre horários de bares e casas noturnas ficou para semana que vem

Resultado de imagem para Fotos do vereador Diego MotaO vereador Diego Mota tratou de um assunto que gerou alguma discussão na Câmara, na sessão de hoje. É um projeto de lei de autoria do Executivo, por sugestão feita na última reunião do Conselho Municipal de Segurança Pública, que diz despeito à modificação do horário de funcionamento de bares e estabelecimentos de entretenimento noturno em geral.

Pela proposta do Conselho, horário para o encerramento das atividades seria uma hora da manhã. Atualmente é quatro horas da manhã.,

Diego pediu vistas do projeto de lei. Ele disse ao blog, porque pediu vistas.

“Eu pedi vista do projeto, uma vez que vai haver uma modificação brusca. Sabemos das intenções do Conselho de Segurança, que é reduzir acidentes e diminuir a criminalidade, entretanto, nós temos que ver o efeito social disso.

Nós vivemos no momento de crise de emprego no município e as pessoas estão buscando o setor informal do comércio noturno de Itaituba, sempre foi muito movimentado, e nós não estamos se falando simplesmente da pessoa que vai ingerir bebida, que vai se descontrair, mas, dos ambulante, do caixa e de todas as pessoas envolvidas nesse processo.

Minha preocupação é com o impacto que isso vai gerar na economia local, por isso, estou pedindo vista.

Eu acredito que haverá uma modificação no que foi proposto aqui através do município e a gente vai convocar com os interessados para encontrar uma maneira que possa não prejudicar essas pessoas, que faça com que elas não tenham um prejuízo, porque a cidade precisa disso”, disse Diego.

Então, o caminho certo é encontrar um meio termo, pois quatro horas é muito tarde e uma hora da manhã e muito cedo para fechar tudo...

“Sim, é preciso encontrar um meio-termo, já que quatro horas da manhã já é quase de manhã, enquanto uma hora da manhã é cedo demais. A lei precisa discernir o que é um pequeno bar, do que é um empreendimento médio ou uma festa com um grande show.

Eu acho que tudo isso a lei tem que contemplar para depois não gerar dúvidas e não gerar prejuízos. Mais uma vez eu parabenizo Conselho de Segurança, pois, mudanças como essas já deu bons resultados em outras cidades. Nós precisamos trazer para o nosso município, mas, a gente precisa entender, também, que as pessoas precisam ser informadas do que vai mudar.

Fui pego de surpresa aqui com esse projeto e eu não posso votar em um projeto de lei dessa envergadura, um projeto polêmico, que depois vai gerar com certeza muitas discussões em todos os meios de comunicação da cidade.

Eu acredito que a reunião que a gente pretende fazer com os interessados deverá acontecer na próxima semana. A partir de hoje eu já vou estar mantendo contato com as pessoas envolvidas e na próxima semana a gente já devolve o projeto já bem mais amadurecido, discutido para definir de uma vez por todas. Lembrando que essa proposta que é do executivo, encaminhada pelo conselho de segurança e nós queremos intermediar um diálogo", finalizou o vereador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário