Blog do Jota Parente

terça-feira, fevereiro 19, 2019

Câmara Toma Providências Para Reforma da Lei Orgânica

A Câmara Municipal de Itaituba por meio de comissão especial, que tem como Presidente o Vereador David Salomão, está promovendo a revisão da Lei Orgânica do Município.

O lançamento da iniciativa  aconteceu em evento realizado no último dia 15/02, no auditório da FAI- Faculdade de Itaituba. 

O Projeto está sendo realizado em parceria com integrantes do Poder Executivo, Faculdade de Itaituba com participação direta da Coordenação do Curso de Direito da Faculdade, representada pelo Professor Thiago Moraes, bem como dos acadêmicos do Curso, com a colaboração inestimável da OAB subseção de Itaituba, que tem como Presidente a advogada Cristiana Bueno, com contribuição  fundamental da Delegacia do CRC - Conselho Regional de Contabilidade em Itaituba,  representado pela Contadora Karla Santos e Associação dos Contadores, que tem como Presidente a Contadora Socorro Alves. 

Essa iniciativa visa garantir a participação social na lei maior do Município, democratizando o processo de elaboração para que a norma seja adequada a realidade hodierna e propicie desenvolvimento ao nosso município. Esse é nosso objetivo.

Assessoria de Gabinete ver David Salomão

Bunker de Paulo Vieira de Souza (Paulo Preto) teria o dobro de dinheiro do de Geddel


A Polícia Federal (PF) cumpriu 12 mandados de busca e apreensão e um de prisão na 60ª fase da Operação Lava-Jato, chamada de Ad Infinitum. O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza foi preso em São Paulo

De acordo com o delegado da Polícia Federal Alessandro Vieira, Souza deveria seguir para Curitiba (PR) ainda hoje, mas ficou em São Paulo a pedido do Ministério Público porque tem "compromissos judiciais" na capital relativos a outros processos, como uma audiência na manhã desta terça-feira. 

"São pessoas investigadas e que respondem a outros processos criminais. Temos a sensação de que estamos diante de um ciclo interminável de corrupção e lavagem de dinheiro", afirmou o delegado. 

De acordo com o procurador da República Roberson Pozzobon, Paulo Vieira participou de lavagem de mais de R$ 100 milhões. A operação envolve a Odebrecht e também investiga os outros supostos operadores do esquema Rodrigo Tacla Duran, Adir Assad e Álvaro Novis.

Nos depoimentos, os operadores disseram que Paulo Vieira tinha um bunker para guardar propinas de mais de R$ 100 milhões e que chegava a colocar notas para "tomar sol" para evitar bolor. "O bunker de Paulo Preto (sic) tinha o dobro do bunker do Geddel (Vieira Lima)". (Correio Braziliense)

Peninha cobra fiscalização na Serabi

O vereador Peninha falou hoje, sobre a necessidade de uma fiscalização na empresa mineradora Serabi.

Semana passada o vereador José Belonne tratou desse assunto, terça e quarta, mas, hoje, Peninha aprofundou mais a discussão.

O vereador do MDB deu detalhes novos, denunciando que a Serabi emprega trabalhadores peruanos, que segundo ele, ganham menos do que os brasileiros que fazem o mesmo trabalho. Mas, segundo Peninha, há coisas ainda mais graves que devem merecer toda atenção das autoridades.

Existe, disse Peninha, uma bacia onde são depositados os rejeitos da mina. Nessa bacia, junto com os rejeitos há cianeto e mercúrio.
Se houver um rompimento, a primeira corrente de água a ser atingida será o Rio Palito, que jogará no Rio Jamaxim, que transportará o material contaminado  para o Tapajós.

Supondo-se que isso possa acontecer, a região será castigada por um desastre ambiental de proporções difícil de ser mensurado.

Peninha apresentou requerimento que será apresciado daqui a pouco no qual pede que seja feita uma visita técnica na Serabi, com a presença da SEMMA (municipal) e SEMAS (estadual), com a participação da Câmara Municipal.

Outro pedido diz respeito a uma fiscalização do Ministério Público do Trabalho para ver as condições em que os trabalhadores estão atuando na mina.

O vereador, quando falou com a imprensa, ressaltou a importância da empresa Serabi para Itaituba. Disse que ela é uma das maiores arrecadadores de impostos, a maior em se tratando de CFEM.

Apesar de sua importância, não é possível fechar os olhos para o que estiver errado dentro da mineradora, concluiu Peninha.

segunda-feira, fevereiro 18, 2019

Jota Parente: O que aconteceu com o futebol Santareno?


          É preciso dar uma volta no passado para se chegar a alguma conclusão razoável sobre a péssima campanha que fazem os times de Santarém no atual Campeonato Paraense, sendo que o São Raimundo desponta como o pior de todos.
          Quando eu ainda nem sonhava em trabalhar no Rádio, e olha que já caminha para meio século que comecei, as preliminares dos jogos principais do campeonato eram disputadas entre as equipes aspirantes.
          Ser do time de aspirantes queria dizer que os atletas aspiravam subir para o time principal, embora alguns tenham se aposentado sem ter nenhuma chance de ser promovidos, porque tinham pouco talento. Porém, muitos bons jogadores foram revelados pelos aspirantes, porque era lá que eles podiam ser avaliados.
          Mesmo antes de acabarem com as equipes, já existiam o São Raimundinho, o São Francisquinho, o Flamenguinho e outros. Lembro bem do São Raimundinho, cujos treinos e jogos eu noticiei muitas vezes nos tempos do seu Guilherme, e de seu substituto mais tarde, o Hildo Santos.
          Aqui, faço uma pequena pausa para recordar uma das histórias que fazem parte do folclore do futebol santareno, envolvendo o seu Guilherme.
          Nos tempos em que o saudoso Everaldo Martins era o prefeito e manda chuva do Pantera, seu Guilherme ia até ele para pedir alguma coisa para o Panterinha. O torcedor fanático e então prefeito perguntava sempre: Guilherme, como é que está o time?
          Dr. Martins, o nosso time, a defesa, a começar do goleiro é uma muralha, o meio campo é uma lançadeira e o ataque uma navalha.
E quem ganhou o jogo passado, Guilherme?
Eles, dr. Martins, mas, o próximo a gente ganha.
Pois é, gente de Santarém e da região, que acompanhava o nosso futebol naquele tempo, incluindo esses times que podiam ser considerados como divisão de base, lembramos que de lá saíram muitos jogadores bons, que viraram titulares de sucesso.
Santarém era o lugar para onde iam jogadores revelados em Monte Alegre, em Óbidos, em Alenquer, em Oriximiná, em Belterra e em Arapixuna. Muitos dos jogadores que vieram desses lugares, que brilharam com as camisas de São Francisco, São Raimundo e do saudoso América Futebol Clube, foram parar na Curuzu, no Baenão ou no Sousa, sendo que alguns deles foram bem mais longe.
A turma da velha guarda como eu, e até pessoas mais novas, lembra com saudades de jogadores que fizeram sucesso fora de Santarém, como Manuel Maria, Cuca, Darinta, Afonso, Chico Monte Alegre, Cristóvão Sena, Galo, Bosco, Beleza Preta, Edvar, Acari, Zé Lima, Belterra e tantos outros.
Cuca veio de Belterra, Afonso, de Monte Alegre, Belterra, Caveirinha, da então Vila das Seringueiras, Edvar, do Arapixuna e muita gente mais. Tempos em que virar titular de Leão e Pantera era dureza, precisava suar muito a camisa.
Pois é, meus amigos apreciadores do bom futebol, isso não é saudosismo. É saudade dos tempos em que dava gosto ir ao estádio Elinaldo Barbosa, e por pouco tempo, ao Colosso do Tapajós. E o que aconteceu para chegarmos nesse ponto quer chegaram São Raimundo e São Francisco, este ano? E repito, o São Raimundo ainda pior.
No meu entendimento, pelas observações que tenho feito ao longo de todos esses anos, na condição de cronista esportivo, o problema é muito complexo. Não se restringe a Santarém. Foi o futebol brasileiro que claramente involuiu quando treinadores que nunca jogaram bola na vida e até alguns que jogaram profissionalmente, passaram a macaquear o futebol europeu. Em vez de copiar o que a Europa tinha de bom, queriam que jogássemos como se joga por lá, retirando o improviso dos nossos jogadores.
Junto a isso, faz anos que se medem garotos candidatos a jogadores, pela estatura, desprezando o talento. Há uns três anos, Vampeta, que é diretor de uma escolinha em Osasco, respondeu quando participava de um programa no SportTV, apresentado por Galvão Bueno, quando esse lhe perguntou: o que é preciso para entrar na escolinha do clube que você dirige? Saber jogar bola, respondeu o ex-jogador. Mas, isso é o óbvio, retrucou Galvão? Devia ser, disse Vampeta, mas, hoje em dia tem muito clube no qual o treinador escolhe o menino pelo tamanho.
A especulação imobiliária deu fim a muitos e muitos campos de pelada em Santarém, e isso aconteceu no Brasil inteiro. Não dá mais para jogar na praia, outro centro de produção de jogadores no passado. Somente os principais clubes que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro tem um trabalho de base que dá algum resultado. Ora, se craque de futebol, ou até mesmo bons jogadores, não caem do Céu, o resultado é esse aí que se vê.
Houve um tempo em que eu culpava somente a profissionalização do futebol em Santarém para disputar o Campeonato Paraense, pelo estado a que chegou. Mas, triste do homem que não revê suas posições. Hoje em penso diferente, atribuindo a culpa a tudo que disse antes.
Por fim, lembro que os bons tempos foram aqueles em que São Raimundo e São Francisco iam buscar jogadores nos municípios que citei.
A partir do momento em que Remo e Paysandu passaram a buscar carradas de pernas de pau pelo Brasil afora, abrindo mão dos valores paraenses, cuja revelação também escasseou, e partir do instante em que Leão e Pantera santarenos deixaram de buscar revelações de outros municípios, deixaram de revelar jogadores, porque pararam de investir na base, e passaram a importar barcas e barcas de pernas de pau, de Belém e de outras cidades, foi um pulo chegar ao estágio atual de degradação. Isso foi construído no decorrer das duas últimas décadas.
Como disse no começo, não é saudosismo, mas, saudade dos bons tempos em que o velho estádio Elinaldo Barbosa tremia nos dias de RaixFran. Apesar do gramado quase sempre ruim o talento dos nossos enchia os olhos de todos os amantes do futebol bem jogado.
Jota Parente

São Raimundo fica com o título de pior santareno no primeiro turno, até agora

A imagem pode conter: textoO São Raimundo é o pior time da competição e quem diria, não é mesmo? 

Foi um Clássico sem motivação, os dois na lanterna do campeonato, desfigurados pelas suas péssimas atuações, parecia até que o São Raimundo seria o favorito, depois do jogo contra o Criciúma. 


Tinha melhorado um pouco dos jogos horríveis anteriores. Mas futebol só se ganha se fizer gols e isso os atacantes do São Raimundo não sabem fazer, o artilheiro do time é um zagueiro. 

Já o São Francisco é ilustrado de atacantes famintos de gols e que sabem jogar para marcar gols, são atacantes de verdade. Para mim o resultado não foi nenhuma novidade, São Francisco é melhor no ataque. 

Se o São Raimundo depender de uma virada para ganhar um jogo com esses atacantes, vão morrer de raiva sem nunca vencer. Perdem o tempo da bola, não sabem o momento de finalizar e jogam sem motivação de vitória e não respeita as cores que vestem. 

Senhor presidente, já deu para perceber a sua luta e preocupação para a mudança deste quadro horrível do Pantera, mas se o senhor não quiser passar vergonha com uma queda para a segunda divisão do campeonato, aja agora, coloque na frente do futebol do clube, um profissional que conheça futebol, que contrate atacante pra fazer gols, zagueiros para evitar gols, pois no momento somos frágeis demais. 

Não tem segurança atrás, levar dois de cabeça, onde os zagueiros não saltam. Goleiro não sai debaixo da trave ou quando sai atrasado, é amadorismo puro. Atacantes sem pontaria, sem calma e sem agilidade, seus reservas e vem a famosa frase, troca seis por meia dúzia.

Raimundo Gonçalves

Investigador Sena é o novo diretor do Detran

Há duas semanas o blog divulgou que o investigador Sena seria nomeado o novo gerente do Detran em Itaituba.

Hoje saiu a confirmação de que é isso mesmo.

Sena esteve visitando o prefeito Valmir Clímaco na manhã de hoje, no Paço Municipal, em companhia do vereador Peninha.

Candidato a deputado estadual na eleição do ano passado, o investigador foi muito bem votado, levando-se em conta sua estrutura de campanha, em relação a outros candidatos.

Mesmo não tendo sido eleito, Sena continua em busca de votos para o então candidato Helder Barbalho, que se elegeu governador do Estado.

É um nome bem aceito, contra o qual não existe nenhum tipo de acusação no exercício de sua atividade como policial civil, ou em qualquer outro lugar.

Sena vai substituir Deck Melo, indicação do deputado Hilton Aguiar no governo passado, que fez um bom trabalho.

Empresária é espancada durante 4 horas por homem que conheceu na internet

A vítima é Elaine Caparróz, mãe de Rayron Gracie, filho do lutador de jiu-jitsu Ryan Gracie. O agressor, Vinícius Batista Serra, foi preso em flagrante


As imagens das paredes repletas de sangue e do apartamento completamente revirado dão a dimensão da violência sofrida pela empresária Elaine Caparróz, de 55 anos. Ela foi espancada durante quatro horas pelo advogado Vinícius Batista Serra, de 27 anos, com quem havia se encontrado pela primeira vez na noite de sábado (16/2). O agressor foi preso em flagrante, depois que os vizinhos ouviram pedidos de socorro e chamaram a polícia.

Elaine está internada em estado grave na UTI do Hospital Casa de Portugal, no centro do Rio de Janeiro, e terá ainda que passar por cirurgias reparadoras. De acordo com o irmão de Elaine, Rogério Peres Caparróz, a empresária tem diversas fraturas graves, trauma de pulmão e dos rins. A hipótese de um edema cerebral, no entanto, foi descartada.

"Cada vez que eu vou lá e olho para ela, não reconheço a minha irmã; ele a desfigurou completamente", contou. "Ela está com fraturas em toda a face, no nariz, no globo ocular, maxilar, dentes; além disso, está com trauma de pulmão e pode evoluir para uma insuficiência renal. Os braços dela estão cheios de mordidas."

"Te amo, mãe" 
A empresária é mãe de Rayron Gracie, filho que teve com o lutador de jiu-jitsu Ryan Gracie. No Instagram, o jovem publicou uma foto com Elaine, acompanhada da frase "Te amo, mãe".

A empresária contou ao irmão que conheceu Vinícius em uma rede social e vinha conversando com ele há oito meses. No último sábado, resolveram se encontrar pela primeira vez. Elaine o convidou para jantar em seu apartamento, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

"Eles já conversavam há oito meses, ela o acompanhava na rede social, tinha amigos em comum, se sentiu à vontade para encontrá-lo. Comprou queijos e vinhos para recebê-lo e conversarem", contou Rogério. Ainda segundo o relato de Elaine para o irmão, como foi ficando tarde, Vinícius pediu para dormir no apartamento da empresária, a abraçou e pediu que ela dormisse com a cabeça em seu peito. "Ela estava há um ano sem ninguém, achou que seria a chance de estar com um cara legal."

Violência na madrugada

De madrugada, Elaine acordou sendo agredida violentamente. A sessão de tortura durou cerca de quatro horas, segundo o irmão da vítima. "Ela gritava: 'Para, para pelo amor de Deus', mas ele continuava batendo, xingando, mordendo, esmurrando ela."

Os gritos de Elaine acabaram chamando a atenção de vizinhos e dos porteiros. Quando conseguiram entrar no apartamento, encontraram a mulher desacordada. Vinícius ainda tentou escapar, mas foi detido na portaria. A polícia chegou em seguida e o prendeu em flagrante.

O advogado foi levado para a Cadeia Pública Frederico Marques, em Benfica, na zona norte. Segundo o delegado Rodrigo Freitas de Oliveira, da 16ª Delegacia de Polícia, na Barra, na zona oeste, pela gravidade das agressões a conclusão é de que o acusado tentou matar Elaine. Ele vai responder por tentativa de feminicídio.

O delegado considera ainda que o agressor é perigoso e pede que o mesmo fique preso por representar uma ameaça à vítima. À polícia, o agressor disse que tomou vinho e acordou de madrugada em "surto". (Correio Braziliense)

Paysandu vence o Re-Pa por 3x0 em Mangueirão totalmente reaberto


A chuva que durou a tarde toda não impediu o torcedor de acompanhar de perto o maior clássico do futebol da Amazônia. Em seu primeiro evento após reforma realizada em janeiro e já com lotação máxima liberada, o Estádio Estadual Jornalista Edgar Augusto Proença - Mangueirão recebeu um público de 19,3 mil pessoas para o confronto entre Remo e Paysandu na tarde deste domingo (17). O time bicolor levou a melhor e ganhou de 3 a 0 do rival azulino em mais uma rodada do Parazão.
O governador Helder Barbalho levou a família para acompanhar a partida. Remista, ele não pôde celebrar o placar final, mas comemorou o fato de toda a programação ter ocorrido sem incidentes, e garantiu que continuará trabalhando para que o estádio esteja cada vez mais seguro. "Graças a Deus, tivemos uma tarde sem qualquer incidente, com a presença dos torcedores, o esporte prevalecendo, o futebol sendo o principal espetáculo e demonstrando sua força. Continuaremos atuando para que o Mangueirão esteja apto também para outros grandes eventos", reforçou.

Antes do início da partida, como lançamento oficial do Carnaval de Belém, representantes das 9 escolas que participarão dos desfiles oficiais deram uma prévia do que o público verá na avenida, com um rápido passeio pela pista de Atletismo.

As recepcionistas Elana Oliveira, 24, Raíssa Costa, 19, e a técnica em Enfermagem Vanessa Chaves, 33, são amigas e torcedoras do PSC. Rara é a vez que não acompanham as partidas perto do gramado, e hoje não foi diferente. "É outro astral, outra energia vir para cá, não tem comparação! A animação é bem maior", justificou Vanessa.

A doméstica Elizângela Serra, de 40, levou o marido e os quatro filhos para o estádio. O costume de acompanhar o desempenho do Remo ao vivo leva a família toda aos jogos já há vários anos. "Com chuva ou sem chuva, é difícil achar algo que impeça a gente de vir. Inclusive nós viemos no jogo anterior, dia 3, e claro que não perderíamos o de hoje", explicou, antes de ter que lidar com a derrota do time do coração.

Confiança - Nos últimos dois meses, o Corpo de Bombeiros (CBM), por meio do seu Centro de Atividades Técnicas, promoveu notificações e recomendações a respeito da segurança do estádio, que foram atendidas pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). "O Laudo de Conformidade de Segurança Estrutural só foi emitido depois disso. O Mangueirão é uma praça esportiva segura. Estamos com 90 militares e com membros de outras forças. Tenho convicção de que temos um espaço seguro", afirmou o tenente-coronel Helton Moraes, que comandou a atuação do efetivo da corporação destacado para o RE x PA.

Uma única ocorrência foi registrada dentro do estádio, na torcida do Clube do Remo. Um homem tropeçou na área da arquibancada e, depois de socorrido pelo CBM, foi levado a um hospital de referência com suspeita de fratura no ombro.

Por sua vez, o coronel Mário Antônio, da Polícia Militar, comemorou o que chamou de resultado bem-sucedido alcançado graças a um esforço conjunto dos órgãos da Segurança Pública. "A própria Seel, a Federação Paraense de Futebol (FPF), o Ministério Público do Estado do Pará (MP-PA), dentre outros, todos se uniram, em especial nos últimos 15 dias, em prol da liberação total da capacidade de 35 mil pessoas", reconheceu. Desde 7h até às 21h, mais de 800 agentes, sendo 700 só da PM divididos em três efetivos, fizeram a segurança de todo o entorno do complexo esportivo, com viaturas e escoltas organizadas.

Se protegendo da chuva com o pequeno André, de três anos, o autônomo Iuri Santos, de 21, aguardava o início da disputa com a certeza de que o Paysandu sairia vitorioso. Acostumado a ir com o filho para o campo, ele estava certo também da tranquilidade garantida aos torcedores. "Acho que o que aconteceu em janeiro serviu para mostrar um problema que tinha como ser resolvido, e agora a gente pode vir como vinha antes, sem preocupação", analisou.

Para Lunna, de 6 anos, o dia de ontem foi histórico: a pequena remista pôde entrar como acompanhante de um de seus ídolos, no início da partida. A mãe, Luciana Padilha, de 28 anos, que trabalha como gerente comercial, contou que a amizade do marido com o jogador Welton ajudou para que a menina realizasse o sonho. "Ela está super ansiosa e super feliz. A gente vem para o campo juntas sempre que pode, mas hoje vai ser bem diferente!", admitiu, enquanto preparava a filha para o grande momento.
Texto: 
Carol Menezes
Fone: Fone: 
Governo do Estado do Pará 

Secretaria de Estado de Comunicação - SECOM

sábado, fevereiro 16, 2019

Jornalista da Globo, no Ceará, pede demissão ao vivo

O apresentador Kaio Cézar encerrou o "Globo Esporte Ceará" de hoje com um pedido de demissão ao vivo. 

O programa é exibido no Sistema Verdes Mares, afiliada da Globo em Fortaleza. 

"O 'Globo Esporte' fica por aqui, e eu também. Neste momento estou pedindo demissão do Sistema Verdes Mares. Não abro mão do respeito e da dignidade em lugar nenhum. Um Abraço", disse ele ao deixar o estúdio. 

Procurado pelo UOL, Kaio Cézar respondeu: "Eu vou falar, mas não agora. Agradeço a compreensão". Kaio trabalhava havia cerca de 10 anos na Rede Verdes Mares.

 Além de apresentar o "Globo Esporte" nas folgas do titular, Fábio Pizzato (também editor-chefe), era produtor do programa, narrador da TV Verdes Mares e dos canais Premiere e SporTV.

 O UOL apurou que, nos bastidores da redação, Kaio estaria insatisfeito havia alguns anos e relatava perseguição do diretor do Sistema Verdes Mares, PC Norões.

 O jornalista e narrador se sentia desprestigiado por não ter sido escalado para narrar um jogo sequer na Copa do Mundo. Ele já tinha procurado a direção para reclamar.

Em setembro do ano passado, Kaio foi demitido da rádio Verdes Mares, do mesmo grupo. 

"Diante das perguntas dos amigos e amigas que gostam do meu trabalho, devo essa satisfação. Sim, depois de quase 10 anos dedicados à Rádio Verdes Mares, não faço mais parte da equipe. Fui demitido", anunciou em sua rede social, na época.

Ao UOL, o pai de Kaio Cézar, o ex-radialista Luiz Bilal confirma que o filho vinha reclamando do trabalho e concorda com a atitude do filho. (UOL)

Igreja Católica expulsa do sacerdócio cardeal acusado de abusar sexualmente de seminaristas

 Do G1
A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington, Theodore McCarrick, de 88 anos, após ser acusado de abusos sexuais a menores e seminaristas, informou neste sábado (16) a assessoria de imprensa da Santa Sé, através de um comunicado.
Esta é a primeira vez na história da Igreja Católica que um cardeal perde seu título por motivos de abusos sexuais.
A decisão acontece depois da investigação sobre o caso ordenada pelo papa Francisco e poucos dias antes de o Vaticano realizar uma cúpula histórica contra os abusos a menores por parte de religiosos convocada para a próxima semana.
Os grandes escândalos que foram revelados nos Estados Unidos, no Chile e na Alemanha mancharam a credibilidade da Igreja Católica.
O papa Francisco, que quer aplicar sua promessa de “tolerância zero”, prometeu nestes últimos meses que seria intransigente com a alta hierarquia eclesiástica.

Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 32 milhões; veja números sorteados

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.125 da Mega-Sena, sorteado hoje (16) em São Paulo. Os números sorteados foram 01 - 31 - 44 - 46 - 53 - 58. De acordo com a Caixa, 55 apostas acertaram a quina, com prêmio de R$ 48.968,88 cada. 

Já 4.090 apostadores ganharam a quadra e vão receber R$ 940,72 cada um. Com isso, o prêmio estimado pela Caixa para o próximo concurso da Mega, na quarta-feira (20), é de R$ 32 milhões. 

As apostas da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio. Para isso, é necessário ser maior de 18 anos. Uma aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50 e pode ser feita nas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país.

Em meio à crise do governo com Bebianno, Onyx se reúne com Bolsonaro no Palácio do Alvorad

Ministro Onyx (Casa Civil) não falou com a imprensa após o encontro. Bebianno (Secretaria-Geral) se desgastou com o presidente após ser desmentido por um dos filhos de Bolsonaro.


G1 - O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro na residência oficial do Palácio da Alvorada no fim da manhã deste sábado (16). O encontro ocorreu em meio à crise envolvendo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Onyx ficou cerca de uma hora com o presidente. Ele chegou ao Alvorada dirigindo o próprio carro e, de vidros fechados, não quis falar com a imprensa nem na chegada nem na saída.

A situação de Bebianno dentro do governo se desgastou nesta semana, principalmente depois que ele foi desmentido em uma rede social por um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro. A postagem foi compartilhada por Jair Bolsonaro.

A crise com Bebianno começou após o jornal "Folha de S.Paulo" ter publicado reportagens sobre suspeitas de candidatos "laranjas" do PSL nas eleições do ano passado. O partido era presidido pelo agora ministro.

Nos últimos dias, a permanência do ministro no cargo começou a ser colocada em dúvida. Em uma entrevista à TV Record, Bolsonaro afirmou que, se Bebianno estiver envolvido em irregularidades, não terá outro "destino" a não ser "voltar às suas origens".

Interlocutores da Presidência dão como certa a demissão do ministro e dizem que a situação dele é "insustentável". No entanto, há um grupo dentro do governo que acha que ainda pode haver uma reconciliação entre Bolsonaro e Bebianno.

À "Folha de S.Paulo", também neste sábado, Bebianno disse que a "tendência" é ele ser exonerado.

Mais cedo, na madrugada, o ministro postou em sua rede social uma citação de um escritor sobre lealdade. "O desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça", diz parte do texto. Outro trecho afirma: "E repare: quando perdemos por ser leal, mantemos viva a honra. Saímos de qualquer lugar com a cabeça erguida ao carregar no coração a lealdade".

E agora, Bolsonaro? Bebianno promete fazer o Brasil tremer se for demitido

Por enquanto, o tiro é para o alto, como se fosse de advertência, mas ele teria dito que tem munição para fazer um estrago.

Reportagem da revista Veja, de Edoardo Ghirotto e Eduardo Gonçalves, reproduz um diálogo que Bebianno teria tido com um interlocutor, por telefone.

Diante da hipótese de ser demitido, teria afirmado: “Se isso acontecer na segunda, o Brasil vai tremer.” Frase creditada a um interlocutor é, em geral, manobra de jornalistas para publicar uma informação sem expor o entrevistado.

Para o público em geral, a impressão que fica é a de que ele não deu entrevista.
Mas tudo o que é registrado foi ouvido pelo repórter do próprio autor da frase.

Quando Pedro Collor ameaçava detonar o irmão, o então presidente Fernando Collor, a revista Veja o entrevistava regularmente, mas, para o público em geral, era como se ele nunca tivesse falado com jornalistas.

Só mais tarde é que Pedro decidiu gravar a famosa entrevista e provocou estragos que abriu caminho para o impeachment.

A reportagem descreve também como teria sido o encontro entre Gustavo Bebianno e Jair Bolsonaro na tarde de ontem.

Bolsonaro teria oferecido um cargo de direção em Itaipu, com alto salário. Bebianno não teria concordado. Segundo o relato, provavelmente feito pelo próprio ministro, ele recusou a proposta com a afirmação de que não fez campanha para ganhar dinheiro.

Bolsonaro falava com Bebianno, mas não olhava nos seus olhos. Dirigia-se ao vazio. O ministro teria dado uma resposta dura ao presidente, ao lembrar que estava sendo vítima de deslealdade (justamente o tema do post dele de hoje no Instagram).

“Um comandante não pode alvejar um soldado pelas costas”, teria dito. Em seguida, lembrou do sacrifício pessoal que fez para apoiar Bolsonaro.
Entre outras coisas, durante a campanha, deixou de visitar o pai em estado grave de saúde no hospital, para cumprir as missões que eram dadas.

Para ele, a diretoria em Itaipu era um prêmio de consolação que não aceitava.
Sempre de acordo com esse relato, Bebianno deixou a reunião e, em seguida o vice-presidente, general Hamílton Mourão, foi atrás e o alcançou no corredor.
Pediu a Bebianno que refletisse e apelou para sua colaboração a fim de não prolongar a crise. Mais tarde, Bebianno soube pela televisão que Bolsonaro havia decidido demiti-lo.

Com o comportamento que está tendo, se for demitido e recuar, o ministro ficará completamente desmoralizado. Mas, se levar adiante as ameaças, poderá ser o principal agente de  mudanças que devolvam Bolsonaro ao lugar de onde nunca deveria ter saído.
Pode ser no seio da sua família ou com seus amigos milicianos, à espera de um ajuste de contas que talvez venha.

Bolsonaro não tem condições de exercer a Presidência da República. Enquanto permanecer no Planalto, as crises se sucederão. Esta, por exemplo, vai se agravar se, por alguma razão, Bolsonaro ceder à pressão — ou chantagem — e manter Bebbiano. Nesse caso, ele perderá o mínimo de autoridade que ainda lhe resta. (Diário do Centro do Mundo)

Mãe de piloto que faleceu em acidente com Boechat morre três dias após o filho

Ronaldo Quatrucci e a mãe, Philomena Foto: Reprodução/Instagram
Idosa tinha uma doença terminal e não recebeu a notícia da morte do filho

RIO — Três dias após a morte do piloto Ronaldo Quattrucci em um acidente de helicóptero que também matou o jornalista Ricardo Boechat na última segunda-feira, a mãe dele, Philomena, faleceu. A informação foi publicada pela filha do piloto, Amanda Martinez, em seu perfil no Instagram. 

Segundo o relato, Philomena tinha uma doença terminal e não recebeu a notícia da morte do filho. Na postagem, a jovem ainda cita o tio, Rogério, que era piloto e morreu em um acidente aéreo em 1998

"Quando meu pai estava sofrendo com sua doença terminal, a vida nos surpreende e Deus o levou três dias antes dela. Você não a viu ir e ela não chegou a saber da sua partida e agora continuam juntos em outro plano. Oro por vocês e sei que irão guiar e cuidar de nós que ficamos, junto com o tio Rogério. Amo muito vocês e vou amar por toda eternidade", escreveu Amanda. 

No fim do texto Amanda agradece pelas mensagens de carinho e conforto que a família têm recebido e informa que a missa de sétimo dia da  avó e do pai será realizada às 19h30 da próxima segunda-feira na Igreja Cristo Rei, no Tatuapé, São Paulo. (O Globo)

População invade e depreda casa e comércio de acusado de matar jovem em Porto de Moz

Reprodução WhatsappDois carros do suposto acusado também foram danificados; vítima era muito querida na cidade
Dezenas de pessoas atearam fogo em dois veículos, depredaram e saquearam uma residência e um comércio, neste sábado (16), em Porto de Moz, no sudoeste paraense. De acordo com a Polícia, o ato de vandalismo foi por conta da morte do jovem Cleomilson Brito do Nascimento, assassinado a tiros, na noite de sexta-feira (16). O homem suspeito de ter sido o mandante do crime, está foragido. É dele as propriedades que foram depredadas e os dois veículos.
Acusado de participação no assassinato, Dileonel Pimentel da Silva, de 32 anos, foi preso. Os manifestantes também foram para a delegacia de polícia da cidade, na tentativa de fazer justiça com as próprias mãos, mas concordaram em deixar o local após diálogo com autoridades policiais. Segundo a polícia, Dileonel pilotava a motocicleta que levou e deu fuga ao atirador após o crime. Em depoimento, o acusado alegou desconhecer que a intenção de Ezequias era matar a vítima. Ezequias Santana da Conceição é apontado como o atirador e está foragido.  (O Liberal)

sexta-feira, fevereiro 15, 2019

As feiras livres da cidade


Itaituba tem três feiras livres, a feira da mulher produtora rural funciona somente uma vez ao mês, a feira da décima sexta que funciona nos finais de semana e a feira da orla, que se tornou permanente e é, sem dúvida, a que mais prejudica o espaço público.

A feira da beira do rio é, também, a que mais agride o meio ambiente. Mas, isso, por enquanto, ainda não é a maior preocupação do governo.

O alvo do setor de vigilância em saúde é o abate de pequenos animais e a limpeza de peixes dentro dos espaços das feiras. Essa prática, além de comprometer a higiene do local, ainda contraria as normas de manipulação de alimentos.

A iniciativa de proibir o abate de aves e a limpeza de peixes nas feiras, atende a uma recomendação do Ministério Público feita através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado pelo gestor municipal com o MP no início desse ano.

Não são apenas esses problemas a serem resolvidos dentro das feiras livres.

Na décima sexta rua tem muito mais camelô do que produtores rurais, e na frente da cidade, a feira se transformou numa pequena favela, e o prefeito espera resolver essa situação com a construção do mercadão Beira Rio, cujo o projeto está em fase final de aprovação na caixa econômica federal.

A administração municipal deveria aproveitar essas recomendações no MP e melhorar a gestão da orla, onde vendedores ambulantes estão ocupando as passarelas de pedestres e o trecho do chafariz da sonda no sentido do porto da balsa virou ponto de vadiagem e de consumo de drogas.

Como isso também é um caso de segurança pública, o conselho municipal de segurança deveria intermediar junto às forças de segurança, ações para evitar que essa parte da orla se transforme numa mini cracolândia.

Jornalista Weliton Lima
Comentário do Focalizando, 14/02/2019

Oito funcionários da Vale são presos em investigação sobre Brumadinho

Uma operação na manhã desta sexta-feira (15) prendeu oito funcionários da Vale nos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

A ação foi deflagrada pelo Ministério Público de MG, com apoio das polícias Civil e Militar, e ocorre para apurar a responsabilidade pelo rompimento da barragem em Brumadinho, no último dia 25, que deixou ao menos 166 pessoas mortas. O número pode subir para 321, dado que ainda há desaparecidos.

Foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão, além dos oito mandados de prisão temporária.

Os investigados presos possuem cargos de gerência e de equipes técnicas. São eles Joaquim Pedro de Toledo, Renzo Albieri Guimarães Carvalho, Cristina Heloíza da Silva Malheiros, Artur Bastos Ribeiro, Alexandre de Paula Campanha, Marilene Christina Oliveira Lopes de Assis Araújo, Hélio Márcio Lopes da Cerqueira e Felipe Figueiredo Rocha.

quinta-feira, fevereiro 14, 2019

Na TV, Bolsonaro diz que ministro mentiu e adverte o vice Mourão

Filho do presidente chamou ministro do núcleo duro do Planalto de "mentiroso" e foi retuitado pelo pai. Onyx defende Bebianno, mas parlamentares se queixam de desgaste por indícios de que PSL usou candidatas-laranja

 Após 17 dias afastado do centro do poder político o presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve alta hospitalar e desembarcou nesta quarta-feira em Brasília com algumas bombas a desarmar. A principal delas é a crise provocada pelos indícios de que seu partido, o PSL, usou candidaturas-laranja na eleição e o mal-estar com o seu ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que comandava a sigla durante a campanha. Bolsonaro endossou críticas públicas a Bebianno feita por um de seus filhos, o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro

A conta oficial do Twitter do mandatário replicou a mensagem de Carlos que acusava o ministro, até então um dos homens-fortes do Planalto, de mentir ao mencionar contatos com o presidente. Depois, o próprio Bolsonaro disse o mesmo em entrevista à TV Record.

"É mentira", disse o presidente na entrevista ao canal de TV, negando ter conversado com seu ministro a respeito da crise enquanto ainda convalescia de uma operação intestinal no hospital Albert Einstein, em São Paulo. 

Bolsonaro não anunciou, no entanto, que Bebianno deixaria o cargo. O mandatário disse ter ordenado à Polícia Federal que investigue os casos suspeitos no PSL. "Se (Bebianno) tiver envolvido, logicamente, e responsabilizado, lamentavelmente o destino não pode outro a não ser voltar às suas origens", seguiu.

Fonte: El País

Justiça torna obrigatório exame de balneabilidade em Alter do Chão, no Pará

Sidney Oliveira / Ag. ParáA Prefeitura de Santarém, no Oeste do Pará, vai precisar realizar exames periódicos de balneabilidade nas praias de Alter do Chão. 

A obrigatoriedade é uma determinação da Justiça Federal, que condenou o município em ação proposta pelo Ministério Público do Estado (MPE) e Ministério Público Federal (MPF). 

Segundo a decisão, em caso de constatação de condições impróprias, os locais afetados devem ser interditados, as áreas sinalizadas e a qualidade ambiental das águas regularizada. 

A periodicidade do exame de balneabilidade deve ser estabelecida pelo município, que também deve apresentar uma análise técnica que indique qual a frequência adequada para preservação do meio ambiente e a garantia da saúde dos banhistas.

Jogadores vascaínos são assaltados após classificação

Jogadores vascaínos são assaltados após classificação  (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br) Vasco venceu o Resende por 3 a 0 e avançou para a final da Taça Guanabara. Porém, o pós jogo não foi como esperado. No início  da madrugada desta quinta-feira (14), jogadores da time cruzmaltino viveram momentos de tensão.

Ao deixarem o Maracanã, Rildo deu carona para três jogadores e eles foram as  mais novas vítimas da violência no Rio de Janeiro. De acordo com a Rádio Brasil, Rildo dava carona para o goleiro Jordi, o volante Raul e o meia-atacante Yan Sasse quando foram assaltados na Linha Amarela, Zona Oeste.
Os jogadores foram abordados por bandidos. Os celulares de Rildo e de Jordi foram roubados.
Nada de mais grave ocorreu com os atletas, que prestaram queixa na delegacia do Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro. (Terra)

quarta-feira, fevereiro 13, 2019

Dadinho diz que não tem tempo para ser candidato

As costuras visando à eleição de 2020 começam a ser feitas, concomitantemente com o funcionamento da fábrica de boatos.

Ontem eu conversei com o empresário Dadinho, cujo nome tem sido citado em rodadas políticas como possível candidato a prefeito.

Dadinho me disse que isso não faz parte de seus projetos no momento, nem mesmo como candidato a vice na chapa de Ivan D'Almeida, que o convidou.

Dadinho afirmou que vai apoiar Ivan D'Almeida, com quem assumiu esse compromisso.

No momento, seu tempo mal está dando para cuidar dos seus negócios que estão se expandindo. No futuro, quem sabe.

Dadinho citou o nome do vereador Wesley Tomaz como um bom nome para vice, por ser um representante da juventude e muito dinâmico.

Tem muita água para rolar até as convenções.

Jota Parente

Belonne volta a falar sobre a Serabi

O líder do PSDB na Câmara, voltou a falar sobre a mineradora Serabi, dando prosseguimento ao seu discurso de ontem.

Hoje ele pediu a fiscalização dos órgãos competentes nas configurações de trabalho dos funcionários na mina do Palito.

Belonne disse que foi informado que após a morte de um funcionário, antes de ontem, os trabalhos continuaram normalmente como se nada tivesse acontecido.

Edital de Convocação de Assembleia Geral Extraordinária


          Edital de Convocação da Assembleia Geral Extraordinária da Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Crepurizão – COMIDEC

          A Cooperativa Mista de Desenvolvimento do Crepurizão – COMIDEC, através do seu Presidente, Senhor João Batista Bezerra Ferreira, convoca para Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada nas dependências do Clube Espaço Verde, sito à Avenida Principal, S/N, CEP: 68.192-200, Distrito de Crepurizão, município de Itaituba, estado do Pará, no dia 23 de março de 2019, às 20:00 HS em primeira convocação, às 20:30 HS em segunda convocação e às 21:00 HS em terceira e última convocação, respectivamente (horário de Brasília), para com um mínimo de dez pessoas deliberar sobre a seguinte ordem do dia:

1.     Prestação de contas do ano social de 2018

2.     Rediscussão da contribuição mensal das escariantes

3.     Novos investimentos

4.     Outros assuntos deliberativos


Distrito do Crepurizão, Itaituba-PA, 07 de fevereiro de 2019



               Elivaldo P. Barbosa
                     Secretário

terça-feira, fevereiro 12, 2019

Wescley vai a Brasília onde cumprirá extensa pauta

O vereador Wescley Tomaz viajará para Brasília semana que vem.

Na capital da República ele se encontrará com o senador Zequinha Marinho, presidente estadual de seu partido, o PSC no Pará.

Na companhia do senador, Wescley participará de audiências com alguns ministros, entre os quais o ministro de Minas e Energia.

Com ele o vereador tratará de questões atinentes à atividade garimpeira no Tapajós, da expansão da rede de energia do linhão de Tucuruí até o distrito de Crepurizão e da melhoria da qualidade da energia elétrica do distrito de Moraes Almeida.

Ele estará de volta no final da próxima semana.