Blog do Jota Parente

segunda-feira, janeiro 21, 2019

Anos difíceis pela frente


Se em 2017 e em 2018 os ventos que sopraram de Belém e de Brasília foram muito favoráveis, 2019 e 2020 serão grandes testes para os prefeitos, porque não há perspectivas muito otimistas, segundo o prefeito de Itaituba.

“Eu acredito que o ano de 2019, assim como 2020 serão muito cruéis para os prefeitos.

As emendas parlamentares que saíram mais fáceis nos anos que antecederam as últimas eleições, ficarão mais difíceis.

O governo está arroxando a economia, e somente em 2021 deverá afrouxar um pouco para liberar recursos. É preciso diminuir os gastos da União e dos estados, e quando se tira dinheiro de circulação, a situação piora”, falou ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário