Blog do Jota Parente

quarta-feira, março 06, 2019

O vídeo errado, na hora errada

O presidente Jair Bolsonaro disse através de um vídeo e também por palavras, o que milhões de brasileiros gostariam de dizer, e não dizem, uns porque não oportunidade e outros porque não tem coragem. 

Ele errou ao mostrar o tal vídeo obsceno? Claro que errou! Ele até poderia ter se referido ao assunto, usando apenas um texto, isso porque ele é o presidente da República, o que implica em que, seja o que ele fizer ou disser ganha repercussão imediata, para o bem ou para o mal. Mais para o mal por causa da clara má vontade que existe da mídia em geral.

Não sou puritano, mas, a imagem que Bolsonaro publicou nada tem a ver com uma brincadeira de carnaval. Aquilo foi de um mau gosto sem justificativa alguma.

Um velho ditado diz que, o meu direito termina onde começa o direito do outro cabe em qualquer lugar ou atividade. Por isso, aqueles dois sujeitos que propiciaram momento tão desagradável e desconfortável no carnaval, deveriam merecer reprovação da sociedade.

No carnaval se permite muita, mas, muita coisa mesmo, porém, esse tipo de cena ultrapassa todas as medidas e ofende.

Quanto ao presidente, ele precisa se lembrar que é o comandante de uma nação de mais de 200 milhões de cidadãos, boa parte deles, patrulhando-o o tempo todo. Mas, que ele pisou na bola, pisou.

Jota Parente

Nenhum comentário:

Postar um comentário