Blog do Jota Parente

quinta-feira, fevereiro 28, 2019

Procuradores da República nomeados para Itaituba, continuam morando em Santarém

Nesta quarta-feira, em cerimônia realizada em Santarém, foi inaugurado o novo prédio que vai abrigar a sede do Ministério Publico Federal e, o que tem isso a ver com Itaituba?

Tem tudo a ver, pois, é nesse prédio, lá em Santarém, que vão trabalhar os dois procuradores da Republica designados para o município de Itaituba.

O argumento alegado para justificar que a sede do MPF de Itaituba fique em Santarém é a contenção de despesas, mas, essa é uma desculpa que soa meio inverossímil, se lembrarmos que durante quase dois anos o Ministério Público Federal manteve um prédio alugado aqui em Itaituba, ao custo aproximado de vinte mil reais por mês, mais o prédio ficou fechado durante todo o período do aluguel porque a procuradora designada para Itaituba preferiu ficar morando em Santarém.

Por trás dessa preocupação de conter despesas, parece que há uma predisposição dos procuradores de não querer vir morar em Itaituba. E assim o tripé da justiça na esfera federal fica sem uma perna aqui no município, pois aqui já estão a Justiça Federal e a Policia Federal, mas, quem precisar recorrer ao MPF vai ter que ir à Santarém.

Com a crescente demanda de crimes federais aqui na região, chama a atenção o fato de nenhuma voz se levantar para questionar porque Procuradoria da Republica no município de Itaituba tenha que funcionar em Santarém.

Jornalista Weliton Lima
Comentário do Focalizando, quinta, 28 de fevereiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário