Blog do Jota Parente

segunda-feira, fevereiro 11, 2019

Morre Zé Arara, uma lenda do comércio do ouro em Itaituba

(E) Sílvio Macedo, Zé Arara (C) e (D) Diane

Hoje de manhã, em Florianópolis-SC, encerra sua trajetória hollywoodiana, o Senhor José Cândido de Araújo, o lendário ZÉ ARARA.

Maranhense de Santa Quitéria, mas que criou sua grife em Itaituba-PA, tornando-se o maior comprador de ouro da história.

Centenas de kg do metal precioso por dia. Coisa de ir a São Paulo, de jatinho, pela manhã, e devido ao volume de negócios, voltar no mesmo dia à "Cidade Pepita", apesar de ter um confortabilíssimo apartamento na megalópole "Cidade da Garoa".

Chegou a possuir muitas aeronaves pequenas. Comandou, por muito tempo, o famoso garimpo Patrocínio, um dos maiores da região. Implantou o hotel "Pousada das Araras", na paradisíaca Parnaíba-PI.

Na inauguração, ao fim dos anos 80, levou vários amigos de Itaituba, em seus aviões. Os que iam em outros, na rota, em escala, bastava dizer: "Sou convidado do Zé Arara". Pronto. Combustível liberado. Meus pais Truth e Dulcinéa estavam entre eles.

Em sua história empresarial, ajudou muita gente a levantar um patrimônio considerável. Digamos que foi "pai de muitos".

Foi amigo de meu pai Truth (em memória) e de minha família, desde os anos 60.

Era excêntrico, porém, com um grande coração.

Respeitosamente, merece homenagem de todas as esferas, da querida cidade de Itaituba.

Vá em paz, emblemático ZÉ ARARA!

Texto de Luiz Henrique Macedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário