Blog do Jota Parente

segunda-feira, janeiro 21, 2019

Menos mortes no trânsito e acidentes na nova rotatória


O número de mortes no trânsito em Itaituba diminuiu consideravelmente de 2017 para 2018. Foram onze mortes a menos. Em 2017 morreram 40 pessoas e em 2018, 29 pessoas foram a óbito em acidentes de trânsito. Como foi observado por mim no programa, depois de ter percorrido mais de 54 mil km por todos os países da América do Sul, poucas foram as cidades onde verifiquei tantos condutores imprudentes, mal-educados ou mal preparados como aqui.

Se, por um lado diminuiu bastante o número de mortos, que ainda continua muito alto, até mesmo em relação ao índice nacional por 100 mil habitantes, por outro lado, muitos condutores envolveram-se em acidentes na nova rotatória que está sendo construída na Transamazônica com a 34ª Rua. O prefeito disse o que acha disso.

“Se você analisar os últimos cem acidentes que aconteceram em Itaituba, mais de 80% tem bebida alcoólica, tem cachaça envolvida. Na rotatória, toda vez que acontece um acidente eu procuro me informar e fico sabendo que tem bebida pelo meio, tem velocidade alta. Compramos dois bafómetros, mas, temos que ter alguém com treinamento. Estamos procurando um lugar para mandar o pessoal para fazer essa preparação.

Quem bate na rotatória nem procura a prefeitura porque sabe que está errado. Estavam reclamando que faltava uma melhor sinalização, eu comprei 250 metros fio e mandei colocar oito lâmpadas. O primeiro que bateu lá num Fiat velho, pegou o fio e as lâmpadas e levou para casa dizendo que era para pagar o prejuízo do carro dele.

O pessoal quebra a sinalização que a gente manda colocar. Estamos mandando fazer a rotatória com tudo direito. O sujeito enche o rabo de cachaça e se toca em cima da obra. Nós vamos fazer seis ou sete rotatórias, ao todo, na Transamazônica. Em Sinop não se vê quase semáforo, mas, muitas rotatórias.

Ainda com referência a área da Transamazônica, nós vamos arrumar aquela alameda que liga até a estação de passageiros do aeroporto de Itaituba, que vai muito tempo está muito prejudicada, assim como a praça que fica em frente. Temos uma verba de R$ 1,2 milhão para fazer o serviço” disse o gestor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário