Blog do Jota Parente

domingo, março 03, 2019

Vereador Júnior Pires pede ordenamento imobiliário no município


Resultado de imagem para foto do vereador Júnior Pires, ItaitubaBlog do JP - O vereador Júnior Pires abordou na Câmara, sobre um assunto pouco lembrado, mas, importante para melhorar a arrecadação do município. Trata-se do ordenamento imobiliário em Itaituba. A coisa está um tanto bagunçada. E melhorar a arrecadação do município é algo fundamental nos dias de hoje, porque a maioria das verbas é verba carimbada. Então, o município, para fazer as coisas precisa de uma arrecadação própria boa.

Júnior - É preciso de viabilidade financeira para dar sustentabilidade ao governo, seja ele em qual for a esfera. Ter uma boa receita própria é imprescindível.

Essa questão do ordenamento imobiliário se faz necessário ocorrer no município. Eu sugeri na Tribuna, ao poder público municipal, a prefeitura, através do prefeito Valmir Clímaco, que venha seja contratada uma empresa particular para fazer ordenamento.

Para você também ideia, jornalista Jota Parente, o ordenamento do ano 2014, está sendo utilizado este ano. E por causa do tempo de prescrição dessas dívidas junto com o município, cerca 45% dos contribuintes estão inadimplentes. Então, ainda tem muito contribuinte que, além da inadimplência, não estão sequer cadastrados.

Esse ordenamento imobiliário se faz necessário, sim, visando a potencialização da arrecadação para dar mais musculatura para a administração, para poder dar continuidade nas suas obras pelo nosso município.

Blog do JP – Existe a possibilidade de o vereador Peninha assumir a coordenadoria de Tributos do município. Contra esse setor tem havido reclamações até na tribuna da Câmara, desde o começo do atual governo. A burocracia e dificuldade para que as coisas andem são algumas questões colocadas. O senhor considera essa, uma medida positiva do Prefeito?

Júnior - Com certeza! Um ponto que causou muita polêmica, e que tem que ser olhado com muita atenção é essa questão chamado atenção é a dificuldade de o contribuinte tirar alguns documentos.

O vereador Peninha contou para nós na câmara, que tem a intenção de assumir, aceitando convite do prefeito. Ele tem uma experiência de vida muito grande para assumir esse cargo; terá que se licenciar aqui da Câmara como vereador para assumir a Coordenadoria de Tributos para que possa tentar melhorar esse atendimento.

Para dar uma boa resposta, precisará ter condições de trabalho. Muitas vezes, o contribuinte quer se regularizar, ele é impedido por conta da burocracia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário