Blog do Jota Parente

quarta-feira, março 13, 2019

E haja mandioca


Resultado de imagem para fotos de mandiocaProdução agrícola no Brasil

A safra de grãos nacional em 2019 indicou uma produção de 228,8 milhões de toneladas, 1% maior que a do ano passado. A segunda estimativa realizado pelo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) aponta também que a área colhida deve crescer 1,7% em comparação a 2018, somando 61,9 milhões de hectares.

A pesquisa também mostrou a diferença de resultados entre a primeira estimativa divulgada em fevereiro, em que a produção de grãos caiu 0,8% e da área colhida, 0,3%. Mesmo com esses resultados, a safra deste ano deve ser a segunda maior, ficando atrás apenas das 240,6 milhões de toneladas produzidas em 2017.

Estado do Pará líder na produção de mandioca

No estado do Pará, a produção agrícola destaca o grupo de cereais, leguminosas e oleaginosas com 2,42 milhões de toneladas. Mesmo assim, o grupo apresenta queda em relação a safra de 2018 que registrou 2,57 milhões de toneladas.

O levantamento também indicou que a mandioca continua sendo o destaque de produção ao marcar 3,83 milhões de toneladas e mantém o estado na liderança de produção no Brasil. Apesar disso, o produto marca queda, já que a safra do mês de janeiro registrou 3,86 milhões de toneladas. O produto garantiu uma participação de 19% da safra de fevereiro de 2019 no território nacional.

Outro destaque de produção do estado foi a soja com uma produção de 1,62 milhões de toneladas. Manteve estável a participação na produção nacional com 1,4%. Comparando as safras de 2018 e 2019, o grão apresentou uma variação de -1,1% da produção, posicionando o Pará na 14° posição de regiões produtoras de soja.

Por fim, a cana-de-açúcar registrou no mês de fevereiro 918 mil toneladas, sendo responsável pela colocação do estado na 20° posição de produção, ficando atrás do Tocantins, Rio Grande do Sul e Piauí.
  
Graziela Ferreira
Estagiária de Jornalismo - Setor de Disseminação de Informações do IBGE no Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário