Blog do Jota Parente

terça-feira, fevereiro 19, 2019

Peninha cobra fiscalização na Serabi

O vereador Peninha falou hoje, sobre a necessidade de uma fiscalização na empresa mineradora Serabi.

Semana passada o vereador José Belonne tratou desse assunto, terça e quarta, mas, hoje, Peninha aprofundou mais a discussão.

O vereador do MDB deu detalhes novos, denunciando que a Serabi emprega trabalhadores peruanos, que segundo ele, ganham menos do que os brasileiros que fazem o mesmo trabalho. Mas, segundo Peninha, há coisas ainda mais graves que devem merecer toda atenção das autoridades.

Existe, disse Peninha, uma bacia onde são depositados os rejeitos da mina. Nessa bacia, junto com os rejeitos há cianeto e mercúrio.
Se houver um rompimento, a primeira corrente de água a ser atingida será o Rio Palito, que jogará no Rio Jamaxim, que transportará o material contaminado  para o Tapajós.

Supondo-se que isso possa acontecer, a região será castigada por um desastre ambiental de proporções difícil de ser mensurado.

Peninha apresentou requerimento que será apresciado daqui a pouco no qual pede que seja feita uma visita técnica na Serabi, com a presença da SEMMA (municipal) e SEMAS (estadual), com a participação da Câmara Municipal.

Outro pedido diz respeito a uma fiscalização do Ministério Público do Trabalho para ver as condições em que os trabalhadores estão atuando na mina.

O vereador, quando falou com a imprensa, ressaltou a importância da empresa Serabi para Itaituba. Disse que ela é uma das maiores arrecadadores de impostos, a maior em se tratando de CFEM.

Apesar de sua importância, não é possível fechar os olhos para o que estiver errado dentro da mineradora, concluiu Peninha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário